Estudo da KPMG explora o potencial de produção de hidrogênio da América Latina

A vantagem em adotar o hidrogênio combustível é devido ao fato dele poder ser produzido por meio da utilização de diferentes fontes de energia e tecnologia em grandes quantidades, favorecendo a descarbonização. Por isso, ele é conhecido como o combustível do futuro. Estudo publicado pela KPMG avaliou como a Argentina, Brasil e Chile estão despontando como os produtores mais baratos de hidrogênio até 2050, e a possibilidade de colaboração para uma estratégia regional integrada.

Clique aqui para acessar o estudo completo.

Deixe um comentário