Nav Bar do usuário deslogado.

Notícias

Resultados da busca
136 resultados
Café #38 – Bioinsumos: perspectivas para o setor agropecuário brasileiro
A edição do dia 13 de setembro de 2023 do Café com Bioeconomia reuniu Edsmar Resende (Co-fundador da 10b Gestora de Recursos e membro do conselho da Agrivalle Brasil), Renato Luzzardi (Líder Estratégico LATAM de Inovação e Parcerias em P&D da Bayer) e Valéria Martins (Coordenadora Geral de Bioeconomia e Recursos Genéticos do Ministério da Agricultura). O encontro, que acontece quinzenalmente, foi mediado por Luana Nascimento (Pesquisadora do Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras). Luana destacou a importância dos bioinsumos como pauta do governo brasileiro para reduzir a dependência de fertilizantes importados e questionou os participantes acerca da evolução dos bioinsumos no Brasil, ressaltando o interesse crescente das empresas e do setor acadêmico. Luana também pontuou a necessidade de garantir que os bioinsumos cheguem aos pequenos agricultores. Edsmar teceu comentários a respeito de bioprospecção e ressaltou a falta de cursos específicos para a indústria de bioinsumos no país. Edsmar discutiu a tendência global dos bioinsumos, não apenas para defensivos agrícolas, mas também para diversas outras aplicações, com ênfase nas oportunidades em biofertiliz...
25/09/2023 | 0 comentários
0 comentários
Evento gratuito híbrido no dia 19 de setembro abordará a cadeia produtiva do licuri
No próximo dia 19 de setembro a partir das 9h será realizado evento no auditório do SENAI CIMATEC, Salvador (BA), sobre a cadeia produti...
13/09/2023 | 0 comentários
0 comentários
Foco no desmatamento da Amazônia pode estar prejudicando o Cerrado
O cerrado vem sendo sacrificado para salvar a Amazônia, segundo especialistas que identificaram que enquanto o desmatamento na Amazônia caiu mais d...
11/09/2023 | 0 comentários
0 comentários
Café com Bioeconomia #37 - Mapeamento de Oportunidades a partir da Biodiversidade Brasileira
A edição do dia 30 de agosto de 2023 do Café com Bioeconomia reuniu Denise Ferreira (Gerente Nacional do CAS), Lucas Cespedes (Consultor Pesquisador do Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras do SENAI CETIQT) e Mário Frota Júnior (Presidente-Diretor da Regenera Moléculas do Mar). O encontro, que acontece quinzenalmente, foi mediado por Cláudia Magalhães (Analista em C&T do MCTI). Cláudia iniciou a conversa mencionando a riqueza da biodiversidade brasileira. Nesse sentido, questionou os participantes sobre potenciais ações para que bioeconomia do país não permaneça baseada apenas no extrativismo. Os principais desafios encontrados pela indústria e pela academia frente à bioeconomia foram ressaltados durante o evento, assim como a atuação do governo para estimular a união entre ICTs e empresas. Os participantes também foram indagados sobre o atual cenário brasileiro no depósito de patentes. Denise colocou que ainda há gargalos para que a biodiversidade seja transformada em produtos competitivos e mencionou que hoje existem muitos dados descentralizados, que acabam não se transformando em conhecimento. Para ela, a nova geração está preocupada com a rastreabilidade das ma...
11/09/2023 | 0 comentários
0 comentários
Café com Bioeconomia #36: Bioeconomia brasileira e colombiana: Lições e desafios
A edição do dia 16 de agosto de 2023 do Café com Bioeconomia reuniu representantes do Brasil e da Colômbia para um bate-papo sobre lições e desafios do desenvolvimento da bioeconomia de ambos os países. O encontro, que acontece quinzenalmente, foi mediado por Victória Santos (Coordenadora da Iniciativa de Descarbonização da Indústria do Instituto Clima e Sociedade) e contou com a presença de Claudia Betancur (Diretora executiva da Biointropic), Claudia Montoya (Pesquisadora da Universidade Católica de Manizales), Liliana Ayala (Coordenadora do programa Colômbia Bio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação), Cláudia Magalhães (Analista em C&T do MCTI), Rosângela de Souza (Assistente em C&T no MCTI) e Nabil Kadri (Superintendente de Meio Ambiente do BNDES).  Victória iniciou a conversa questionando os participantes sobre como as organizações públicas e privadas de ambas as nações estão atuando no fortalecimento da pauta de bioeconomia. Os principais acertos e desafios encontrados na implementação da agenda também foram discutidos, assim como o desenvolvimento de projetos de cooperação entre Brasil e Colômbia e suas principais particularidades.  Claudia Betancur vislumbra maior potencial no desenvolvimento dos mercados de cosméticos, medicamentos e bioinsumos, com destaque para biorrefinarias, e mencionou que a Biointropic apoia a gestão de projetos de bioeconomia e de inovação aberta. Para ela, é fundamental auxiliar micro e pequenas empresas a crescer e colocar seus produtos no mercado. Claudia Montoya pontuou que a aliança entre a academia e a indústria, a capacitação dos colaboradores e a dinamização orgânica são os principais gargalos frente à temática e frisou que o governo Colombiano vem estimulando a criação de programas que impulsionam projetos de PD&I. Claudia ressaltou ainda que a cooperação entre os países é um ponto chave para a aceleração da bioeconomia.  Cláudia Magalhães mencionou que o MCTI já trabalha há alguns anos com cadeias produtivas da bioeconomia através do desenvolvimento de projetos piloto, em que são empregadas matérias primas como o açaí, licuri e pirarucu. Rosângela complementou informando que tais projetos são focados em auxiliar as comunidades e os povos tradicionais da Amazônia. Para Cláudia, a bioeconomia tem que ser pensada de forma integrada e sistêmica pelos países amazônicos. Liliana colocou que a criação do programa Colômbia Bio permitiu o desenvolvimento de diferentes estratégias, que antes não recebiam destaque na Colômbia, além de envolver as comunidades locais. Liliana ressaltou também a necessidade articular um sistema para harmonizar as muitas iniciativas já existentes no país. Nabil explicou que o BNDES vem fortalecendo a integração regional através de diálogos sobre a Amazônia e ressaltou que o Brasil possui um conjunto enorme de experiências bem-sucedidas relacionadas à bioeconomia, porém ainda encontra o desafio de transformar os projetos em políticas de escala. Ele entende que já houve progresso através da lei da inovação e da Embrapii, porém ainda é preciso avançar na dinamização orgânica de tais iniciativas. De modo geral, os representantes da Colômbia e do Brasil demonstraram interesse em continuar fortalecendo os laços para o intercâmbio de boas práticas e destacaram a importância de participar da Rede Latino-Americana de Bioeconomia para o benefício da região. O Café com Bioeconomia é um evento quinzenal, on-line e interativo, no qual palestrantes e público discutem temas relevantes para a área. Quer receber nossa agenda e participar? Inscreva-se em: https://portaldebioeconomia.com/   Quer ouvir este e outros Cafés? Estamos no Spotify em Café com Bioeconomia . ------------- \---------------\ --------------- La edición del 16 de agosto de 2023 de Café con Bioeconomía reunió a representantes del Brasil y Colombia para una char...
11/09/2023 | 0 comentários
0 comentários
Inscrições abertas para evento híbrido sobre identificação de oportunidades a partir da biodiversidade
No dia 20/09 das 13 às 17h será realizado evento híbrido sobre a identificação de oportunidades a partir da biodiversidade brasileira. Reinaldo Lucena, Vanderlan Bolzani, Bryan Harkleroad e Eamim Squizani ...
11/09/2023 | 0 comentários
0 comentários
PPBio e Idesam detalham bioplástico produzido a partir da casca da castanha do Brasil
Parceria entre PPBio, Idesam, empresas, ONGs e pesquisadores de universidad...
05/09/2023 | 0 comentários
0 comentários
Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras desenvolve biocorante azul
O Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras desenvolveu biocorante azul, que pode substituir o índig...
05/09/2023 | 0 comentários
0 comentários
Webinar sobre Economia Circular no dia 23 de agosto de 2023
No dia 23 de agosto às 19h (horário de Brasília), será transmitido um webinar sobre Economia Circula...
18/08/2023 | 0 comentários
0 comentários
Café com Bioeconomia #35: Infraestrutura de pesquisa para a bioeconomia
A edição do dia 2 de agosto de 2023 do Café com Bioeconomia reuniu Cristiano Guimarães (Fundador e CSO na Nintx), Francisco Razzolini (CTO da Klabin) e Patrícia Léo (Gerente técnica do Laboratório de Biotecnologia Industrial do IPT). O encontro, que acontece quinzenalmente, foi mediado por Paulo Coutinho (Pesquisador-chefe do Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras do SENAI CETIQT). Paulo iniciou a discussão questionando os participantes sobre a relação entre ICTs e empresas e sobre a situação atual do Brasil em termos de infraestrutura para pesquisa em bioeconomia. Ao longo da conversa foram levantadas possíveis ações para solucionar a escassez de equipamentos, particularmente em escala piloto no país. Paulo destacou que o Brasil não conhece plenamente sua biodiversidade e comentou que além de haver uma série de bancos de dados de moléculas no país que não são compatíveis entre si, a descoberta das moléculas requer grande esforço de automação.  Nesse sentido, ele citou uma nota técnica que será lançada pelo Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras sobre o que está sendo chamado de biodiversity business discovery, e consiste na criação de diferentes pipelines para identificar compostos de interesse para diferentes setores industriais. Cristiano pontuou que um dos desafios para os empreendedores e prestadores de serviço é inconstância da...
18/08/2023 | 0 comentários
0 comentários
Inscrições abertas para projeto "Amazônia em Casa, Floresta em Pé" até 31 de julho
O programa "Amazônia em Casa, Floresta em Pé" irá selecionar até 50 negócios que comercializem produtos da Amazônia e...
21/07/2023 | 0 comentários
0 comentários
Café com Bioeconomia #34: Rumo à transição verde: A integração de cadeias produtivas como agente transformador
A edição do dia 19 de julho de 2023 do Café com Bioeconomia reuniu Edvaldo de Morais (Líder da Divisão de Biorrefinarias & Recursos Naturais do LNBR do CNPEM) e Mateus Chagas (Pesquisador da Divisão de Biorrefinarias & Recursos Naturais do LNBR do CNPEM). O encontro, que acontece quinzenalmente, foi mediado por Patrícia Toledo (Gerente de Inovação e da Unidade Embrapii Biotecnologia do CNPEM). Patrícia indagou os participantes sobre o papel real do hidrogênio na transição verde no contexto brasileiro e sobre a importância da diversificação de portfólio de produtos das empresas. Os principais gargalos enfrentados pela indústria para a integração das cadeias produtivas também foram discutidos durante o evento, bem como o propósito das análises de ciclo de vida como suporte para a transição para uma economia mais circular e sustentável. Os participantes também foram questionados sobre como as biorrefinarias podem contribuir com o desenvolvimento regional do país fora do eixo sul-sudeste e sobre como a exploração da biodiversidade está sendo vista pela indústria. Edvaldo ressaltou que o hidrogênio tem papel fundamental na estratégia brasileira como gerador de energia, mas mais ainda como insumo, especialmente para a siderurgia e para a produção de fertilizantes. Ele indicou que além das análises de ciclo de vida, que foram sendo incorporadas aos serviços do CNPEM, agora são disponibiliza...
21/07/2023 | 1 comentários
1 comentários
Evento de matchmaking híbrido relacionado a bioinsumos acontecerá nos dias 25 a 27 de julho de 2023
Nos dias 25 a 27 de julho de 2023 irá acontecer o "Espaço BioInova de Matchmaking" da Rede de Inovação em Bioinsumos do MAPA, durante o 17º Simpósio de Controle Biológico. Os participantes poderão interagir de duas maneiras: como desafiador e como solucionador. Para s...
19/07/2023 | 0 comentários
0 comentários
Pesquisadores criam concreto sustentável feito de bagaço de cana
Apelidado de Sugarcrete, concreto ssustentável feito de bagaço de cana promete emitir...
19/07/2023 | 0 comentários
0 comentários
Produção de biocombustível a partir de tamarindo é tema de pesquisa do Cetep
Polpa de tamarindo fermentada é utilizada na produção de etan...
17/07/2023 | 0 comentários
0 comentários
Café com Bioeconomia #33: Oportunidades e desafios da bioeconomia na indústria de embalagens
A edição do dia 5 de julho de 2023 do Café com Bioeconomia reuniu André Badaró (Gerente de desenvolvimento de mercado da Klabin), José Alexandre Simão (Pesquisador líder de projetos de inovação da UNIPAC) e Stelvio Mazza (CEO da Já Fui Mandioca!). O encontro, que acontece quinzenalmente, foi mediado por Manoel Lisboa Neto (Diretor da Plasticxperience). Manoel abordou a competitividade brasileira em relação a outros países, além dos principais trade-offs entre uso de materiais biodegradáveis e renováveis e a disponibilidade de recursos naturais para a produção de embalagens em grande escala. Ele lembrou ainda que, há cerca de 20 anos, o Brasil não tinha agenda de sustentabilidade tão forte e indagou se o cenário atual possui a capacidade de fomentar a bioeconomia. Para André, o que impulsiona a bioeconomia é o mercado e, nesse sentido, é necessário haver mais conscientização da população para que os valores dos produtos, que muitas vezes não são competitivos com os de origem fóssil, possuam maior aceitação. Para ele, é papel da indústria otimizar os processos para melhorar desempenho e reduzir custos, mas o governo pode auxiliar na sensibilização da população quanto aos impactos ambientais daquilo que consome. André comentou também que a Klabin vem estudando o uso de nanotecnologia para aprimor...
14/07/2023 | 0 comentários
0 comentários
Café com Bioeconomia #32: O cooperativismo na construção da bioeconomia dos biomas
A edição do dia 21 de junho de 2023 do Café com Bioeconomia reuniu Eduardo Rocha (Consultor, facilitador e Gerente de Engajamento da Plataforma PPA), Marcelo Fukunaga (Diretor executivo da Coopafasb) e Valdivino Araújo (Sócio-fundador da Coopes). O encontro, que acontece quinzenalmente, foi mediado por José Vitor Bomtempo (Coordenador do GEBio da Escola de Química da UFRJ). José Vitor iniciou relembrando uma série de seis episódios do Café com Bioeconomia sobre os diferentes biomas brasileiros e destacando que no Café de cooperativas o olhar seria inter-biomas. Ao longo do evento os participantes foram questionados sobre os desafios para o desenvolvimento das cadeias representadas por cada um e provocados a refletir sobre como seria a atuação de suas respectivas instituições se estivessem inseridas em outros biomas. A presença de mulheres e jovens nas cooperativas também foi tema da discussão. Eduardo apontou que na Amazônia há muitas questões estruturantes como fatores limitantes, seja na questão logística, de acesso ou comunicação. Então, segundo ele, torna-se muito importante produzir as coisas localmente e fortalecer quem está na base por meio do ato cooperativo. Para Eduardo, as mulheres na Amazônia são as grandes responsáveis pela detenção e transmissão do conhecimento local, além de estarem envolvidas na etapa de produção e em outros processos essenciais. Sobre a permanência do jovem nas comunidades, ele destacou que a PPA procura fortalecer modelos de governança participativos em que estejam presentes mulheres, idosos e jovens.  Marcelo explicou que a Mata Atlântica é muito rica em frutas nativas nutritivas pouco conhecida...
12/07/2023 | 0 comentários
0 comentários
Fitoterápicos ganham destaque como tesouro amazônico
Matéria destaca o potencial ainda inexplorado na Amazônia para a produçã...
06/07/2023 | 1 comentários
1 comentários
SENAI CETIQT promoverá minicurso de Introdução a Economia Circular e Produção Sustentável nos dias 12 e 13 de julho
SENAI CETIQT promoverá minicurso gratuito de Introdução à Economia Circular e Produção Sustentáve...
06/07/2023 | 0 comentários
0 comentários
Beneficiamento do latex toma novos rumos nas mãos de mulheres no Pará
Comunidade ribeirinha no Pará deixa de ser fornecedora de látex e passa a beneficiar o material, produzindo bolsas e roupas com couro ecológico a...
26/06/2023 | 0 comentários
0 comentários
Evento discute propostas para superar desafios acerca do desenvolvimento sustentável da Amazõnia
Especialistas discutiram desenvolvimento sustentável da Amazônia em...
26/06/2023 | 0 comentários
0 comentários
Roadmap de créditos de biodiversidade é lançado para mobilizar financiamento global da natureza
Secretário de Meio Ambiente e Ministro de Estado francês lançaram em junho de 2023 um roadmap com obje...
26/06/2023 | 0 comentários
0 comentários
Hidrogênio verde pode ser segredo para zerar emissões na siderugia
A substituição do carvão pelo hidrogênio verde pode fazer com que a indústria de aço cumpra com...
21/06/2023 | 0 comentários
0 comentários
Café com Bioeconomia #31: Oportunidades e desafios da bioeconomia na indústria farmacêutica
A edição do dia 7 de junho de 2023 do Café com Bioeconomia reuniu Cristina Ropke (Diretora de inovação da Centroflora), Julino Rodrigues (Consultor de inteligência de mercado da ABIQUIFI) e Mário Frota Júnior (Sócio-fundador e diretor-presidente da Regenera Moléculas do Mar). O encontro, que acontece quinzenalmente, foi mediado por Eamim Squizani (Pesquisadora do Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras do SENAI CETIQT). Eamim solicitou aos participantes que tecessem comentários sobre a percepção de cada um acerca do investimento em P&D pela indústria farmacêutica nos últimos anos. Ela ressaltou a necessidade de inovar de maneira contínua, especialmente hoje no contexto em que os produtos não costumam ficar no auge por muito tempo. As oportunidades de fomento e o engajamento do setor industrial foram pontos recorrentes ao longo da discussão. Cristina observou que nos últimos 3 anos houve mudança significativa no setor farmacêutico, pois as empresas estão investindo mais nos projetos de maior risco. Ela acredita que isso possa ser devido às oportunidades de fomento, que evoluíram e atualmente auxiliam nas parcerias para inovação, mas também porque há perspectiva de que os medicamentos genéricos deixem de ser tão interessantes no futuro. Cristina também comentou sobre a importância da legislação de acesso a patrimônio genético e sua missão de encontrar modelos econômicos maduros que beneficiem a todos. Julino frisou que as ações de engajamento das empresas precisam ser contínuas e que é...
21/06/2023 | 0 comentários
0 comentários
ABIHPEC organiza webinar sobre bioeconomia no setor de HPPC
A ABIHPEC irá promover um webinar no dia 20 de junho de 2023 sobre oportunidades e...
31/05/2023 | 0 comentários
0 comentários
Café com Bioeconomia #30: Um olhar sobre a produção de moléculas na bioeconomia
A edição do dia 24 de maio de 2023 do Café com Bioeconomia reuniu Daniela Trivella (Coordenadora da plataforma de Descoberta de Fármacos do LNBio, do CNPEM), Lígia Macedo (Pró-reitora de pesquisa e pós-graduação da UFMS e Coordenadora geral do Agrotec) e Lucio Freitas Junior (Gerente de projetos da CEINFAR, da USP). O encontro, que acontece quinzenalmente, foi mediado por Reinaldo Lucena (Diretor da Agrotec – Bioeconomia no Agronegócio).   Reinaldo questionou os participantes sobre o cenário atual e sobre as perspectivas de uso da biodiversidade na descoberta de novos fármacos. Além disso, ao abordar os bancos de moléculas, destacou que a maior biblioteca que temos atualmente, a de conhecimento tradicional dos povos originários, ainda é muito pouco explorada. Reinaldo abordou ainda a importância da criação da Rede MCTI/Embrapii de Bioeconomia e indicou a necessidade de se formar profissionais voltados à indústria para que haja futuramente maior estímulo à criação e manutenção de centros de PD&I dentro das empresas.   Daniela ressaltou que a biodiversidade e a quimiodiversidade são peças-chave para a descoberta de novos fármacos, mas que o Brasil ainda não é suficientemente ativo nesse aspecto. Somente nos últimos 10 anos o país começou a investir mais expressivamente em inovação radical na área. Segundo ela, a Embrapii é um dos principais motivos para esse desenvolvimento já que, antes, os financiamentos disponíveis não eram compatíveis com os p...
29/05/2023 | 0 comentários
0 comentários
Lançamento de edital Sinapse Bio para apoiar ideias inovadoras na Amazônia
Será lançado hoje, 19/05/2023, um edital para apoiar até 70 ideias inovadoras na Am...
19/05/2023 | 0 comentários
0 comentários
Bioeconomia é tema de discussões entre Alckmin e representante do Fórum Econômico Mundial
Geraldo Alckmin se reuniu com representante do Fórum Econômico Mundial no Palácio do Planalto para discutir sobre b...
19/05/2023 | 0 comentários
0 comentários
Café com Bioeconomia #29: Energia versus Bioenergia
A edição do dia 10 de maio de 2023 do Café com Bioeconomia reuniu Fábio Teixeira (Pesquisador do laboratório Cenergia), José Vitor Bomtempo (Coordenador do GEBio da Escola de Química da UFRJ) e Mateus Lopes (Diretor global de transição energética e investimentos da Raízen). O encontro, que acontece quinzenalmente, foi mediado por Paulo Coutinho (Pesquisador-chefe do Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras do SENAI CETIQT).  A dinâmica desse evento se diferenciou por almejar a discussão acerca de um artigo publicado na revista MIT Sloan Management Review Brasil: https://www.mitsloanreview.com.br/post/como-os-paises-tropicais-podem-acelerar-seu-protagonismo-na-economia-net . Por esta razão, Fabio deu início ao evento com uma breve apresentação do documento, que descreve como sistemas integrados de produção de alimento e bioenergia podem acelerar a transição para economia net zero. Um dos grandes resultados do trabalho foi demonstrar que a indústria sucroenergética pode ser 10 vezes mais eficiente que a geração de energia fotovoltaica em termos de descarbonização.  Paulo então ressaltou que os sistemas integrados de produção acabam com a dicotomia energia versus alimento. No entanto, destacou a falta de indicadores para comparação com outros tipos de geração de energia. Paulo indagou também a priorização do tema de estocagem de CO2 em detrimento do seu uso para produção de outros produtos. Ademais, salientou que os sistemas integrados consistem em monoculturas e questionou como elas afetariam a biodiversidade.  Fábio discursou sobre economicidade associada à preocupação soci...
12/05/2023 | 0 comentários
0 comentários
Café com Bioeconomia #28: Bioeconomia e catálise: o poder das enzimas
A edição do dia 26 de abril de 2023 do Café com Bioeconomia reuniu Jean Carlos dos Santos (Gerente Comercial na Akmey Biotecnologia Têxtil), Mario Tyago Murakami (Diretor Científico do LNBR/CNPEM) e Pamella Santa Rosa (CEO da Amazonzyme). O encontro, que acontece quinzenalmente, foi mediado por Marcelo Moura (Pesquisador especialista do Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras do SENAI CETIQT). Marcelo questionou os convidados sobre a posição do Brasil no mercado de enzimas e sobre os principais desafios da área. Ao apresentarem alguns de seus cases, os participantes, que representavam a academia, as start-ups e a indústria trouxeram olhares complementares à discussão. Marcelo questionou também a visão para o futuro e estratégias para demonstrar o devido valor das enzimas e estimular o desenvolvimento, dado que hoje a maior parte delas é importada. Jean explicou que substituir processos que estão estabelecidos há décadas constitui um grande desafio para o desenvolvimento das enzimas. Além disso, o custo mais elevado em comparação com compostos químicos convencionais, como o hidróxido de sódio, ainda dificulta a aceitação. Para ele, é necessário estreitar os laços entre indústria e universidade brasileiras. Mario destacou a posição atual do Brasil como um grande consumidor/importador de ...
08/05/2023 | 0 comentários
0 comentários
Programa apoia inovação na Amazônia
O Sinergia é um programa de apoio a negócios de impacto e bioeconomia inovadores da A...
08/05/2023 | 0 comentários
0 comentários
Webinário sobre política nacional de plantas medicinais e fitoterápicos revisitada
O CIBS de Farmanguinhos/Fiocruz, através da Rede de Inovação em Medicamentos da Biodiversidade, e em parceria com a Abifina e a Abiquifi, estão organizando um webinário sobre a formulação, diretri...
08/05/2023 | 0 comentários
0 comentários
Café com Bioeconomia #27: Bioeconomia no setor de cosméticos: oportunidades e desafios
A edição do dia 12 de abril de 2023 do Café com Bioeconomia reuniu Daniela Valverde (Cientista Sênior do Grupo Boticário), Danniel Pinheiro (CEO da Biozer da Amazônia e Cofundador da Simbioze Amazônica), Fabio Brasiliano (Diretor de Meio Ambiente para a Bioeconomia e Clima da ABIHPEC) e Larissa Zonta (Especialista em Pesquisa e Inteligência de Produtos da Boticário). O encontro, que acontece quinzenalmente, foi mediado por Débora Way (Pesquisadora do Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras do SENAI CETIQT). A indústria de cosméticos tem se mostrado uma das mais dinâmicas no desenvolvimento de inovações voltadas a promover diversos aspectos da sustentabilidade. Dessa maneira, Débora destacou que esse dinamismo é impulsionado pela mudança de comportamento do consumidor, que atualmente possui maior engajamento ambiental e social, e clama por produtos naturais, orgânicos, veganos, sem testes em animais, menos agressivos ao meio ambiente, entre outros aspectos. Nesse sentido, alguns aspectos relacionados ao desenvolvimento de novos ingredientes provenientes da biodiversidade brasileira ou da biotecnologia foram abordados com os participantes. Daniela comentou que é necessário estar atento ao que é seguro para o consumidor e citou, ao longo de sua fala, que alguns silicones foram eliminados dos produtos enxaguáveis do Grupo Boticário. Além disso, já trabalham para que nenhum produto não enxaguável seja produzido após 2023 com este itens. Daniela também mencionou que o grupo tem como estratégia ESG 16 compromissos para o futuro e destacou que o primeiro deles é mapear e solucionar 150% de todo o resíduo sólido gerado pela cadeia de valor da empresa, o que é muito significativo. Larissa complementou dizendo que a biotecnologia tem muita conexão com sustentabilidade, o que está no...
08/05/2023 | 0 comentários
0 comentários
Café com Bioeconomia #28: Bioeconomia e catálise: o poder das enzimas
A edição do dia 26 de abril de 2023 do Café com Bioeconomia reuniu Jean Carlos dos Santos (Gerente comercial na Akmey Biotecnologia Têxtil), Mario Tyago Murakami (Diretor científico do LNBR/CNPEM) e Pamella Santa Rosa (CEO da Amazonzyme). O encontro, que acontece quinzenalmente, foi mediado por Marcelo Moura (Pesquisador especialista do Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras do SENAI CETIQT). Marcelo questionou os convidados sobre a posição do Brasil no mercado de enzimas e sobre os principais desafios da área. Ao apresentarem alguns de seus cases, os participantes, que representavam a academia, as start-ups e a indústria, trouxeram olhares complementares à discussão. Marcelo questionou também a visão para o futuro e estratégias para demonstrar o devido valor das enzimas e estimular o desenvolvimento, dado que hoje a maior parte delas é importada. Jean explicou que substituir processos que estão estabelecidos há décadas constitui um grande desafio para o desenvolvimento das enzimas. Além disso, o custo mais elevado em comparação com compostos químicos convencionais como o hidróxido de sódio, ainda dificulta a aceitação. Para ele, é necessário estreitar os laços entre indústria e universidade brasileiras. Mario destacou a posição atual do Brasil como um grande consumidor/importador ...
28/04/2023 | 0 comentários
0 comentários
Governo realiza consulta pública sobre lançamento do Programa de Bioeconomia e Desenvolvimento Regional
Com o objetivo de promover diálogo com a população sobre a implementação do Programa de Bioeocnomia e Desenvolvimento Regional, o...
18/04/2023 | 0 comentários
0 comentários
Sete agendas para garantir o desenvolvimento econômico sustentável do Brasil
Artigo lista sete agendas prioritárias para colocar o Brasil na direção certa e em pos...
18/04/2023 | 0 comentários
0 comentários
Embrapii e Página 22 irão realizar webinar sobre valor da inovação para o desenvolvimento das Amazônias
No dia 24 de abril, às 10h (horário de Brasília), ocorrerá um webinar sobre "O valor da inovação para o desenvolvimento das Amazôni...
18/04/2023 | 0 comentários
0 comentários
BNDES adota medidas para conter desmatamento na Amazônia
O BNDES bloqueou o financiamento de quase 60 proprietários rurais envolvidos em atividades irregular...
13/04/2023 | 0 comentários
0 comentários
Respeito ao ser humano e à natureza atrai marca de calçados para o Brasil
A Vert, que hoje produz 4 milhões de calçados por ano, foi atraída para o Brasil pela legislação trabalhista e hoje emprega famílias envolvidas nas...
12/04/2023 | 0 comentários
0 comentários
Estudos indicam que 60% dos insumos globais já foram ou poderiam ter sido substituídos por biomateriais
A bioeconomia pode facilitar mudanças na produção de commodities no setor florestal. Além disso, estudos indicam que 60% dos i...
12/04/2023 | 0 comentários
0 comentários
de 1
Café #38 – Bioinsumos: perspectivas para o setor agropecuário brasileiro
A edição do dia 13 de setembro de 2023 do Café com Bioeconomia reuniu Edsmar Resende (Co-fundador da 10b Gestora de Recursos e membro do conselho da Agrivalle Brasil), Renato Luzzardi (Líder Estratégico LATAM de Inovação e Parcerias em P&D da Bayer) e Valéria Martins (Coordenadora Geral de Bioeconomia e Recursos Genéticos do Ministério da Agricultura). O encontro, que acontece quinzenalmente, foi mediado por Luana Nascimento (Pesquisadora do Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras). Luana destacou a importância dos bioinsumos como pauta do governo brasileiro para reduzir a dependência de fertilizantes importados e questionou os participantes acerca da evolução dos bioinsumos no Brasil, ressaltando o interesse crescente das empresas e do setor acadêmico. Luana também pontuou a necessidade de garantir que os bioinsumos cheguem aos pequenos agricultores. Edsmar teceu comentários a respeito de bioprospecção e ressaltou a falta de cursos específicos para a indústria de bioinsumos no país. Edsmar discutiu a tendência global dos bioinsumos, não apenas para defensivos agrícolas, mas também para diversas outras aplicações, com ênfase nas oportunidades em biofertiliz...
25/09/2023 | 0 comentários
0 comentários
Evento gratuito híbrido no dia 19 de setembro abordará a cadeia produtiva do licuri
No próximo dia 19 de setembro a partir das 9h será realizado evento no auditório do SENAI CIMATEC, Salvador (BA), sobre a cadeia produtiv...
13/09/2023 | 0 comentários
0 comentários
Foco no desmatamento da Amazônia pode estar prejudicando o Cerrado
O cerrado vem sendo sacrificado para salvar a Amazônia, segundo especialistas que identificaram que enquanto o desmatamento na Amazônia caiu mais d...
11/09/2023 | 0 comentários
0 comentários
Café com Bioeconomia #37 - Mapeamento de Oportunidades a partir da Biodiversidade Brasileira
A edição do dia 30 de agosto de 2023 do Café com Bioeconomia reuniu Denise Ferreira (Gerente Nacional do CAS), Lucas Cespedes (Consultor Pesquisador do Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras do SENAI CETIQT) e Mário Frota Júnior (Presidente-Diretor da Regenera Moléculas do Mar). O encontro, que acontece quinzenalmente, foi mediado por Cláudia Magalhães (Analista em C&T do MCTI). Cláudia iniciou a conversa mencionando a riqueza da biodiversidade brasileira. Nesse sentido, questionou os participantes sobre potenciais ações para que bioeconomia do país não permaneça baseada apenas no extrativismo. Os principais desafios encontrados pela indústria e pela academia frente à bioeconomia foram ressaltados durante o evento, assim como a atuação do governo para estimular a união entre ICTs e empresas. Os participantes também foram indagados sobre o atual cenário brasileiro no depósito de patentes. Denise colocou que ainda há gargalos para que a biodiversidade seja transformada em produtos competitivos e mencionou que hoje existem muitos dados descentralizados, que acabam não se transformando em conhecimento. Para ela, a nova geração está preocupada com a rastreabilidade das ma...
11/09/2023 | 0 comentários
0 comentários
Café com Bioeconomia #36: Bioeconomia brasileira e colombiana: Lições e desafios
A edição do dia 16 de agosto de 2023 do Café com Bioeconomia reuniu representantes do Brasil e da Colômbia para um bate-papo sobre lições e desafios do desenvolvimento da bioeconomia de ambos os países. O encontro, que acontece quinzenalmente, foi mediado por Victória Santos (Coordenadora da Iniciativa de Descarbonização da Indústria do Instituto Clima e Sociedade) e contou com a presença de Claudia Betancur (Diretora executiva da Biointropic), Claudia Montoya (Pesquisadora da Universidade Católica de Manizales), Liliana Ayala (Coordenadora do programa Colômbia Bio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação), Cláudia Magalhães (Analista em C&T do MCTI), Rosângela de Souza (Assistente em C&T no MCTI) e Nabil Kadri (Superintendente de Meio Ambiente do BNDES).  Victória iniciou a conversa questionando os participantes sobre como as organizações públicas e privadas de ambas as nações estão atuando no fortalecimento da pauta de bioeconomia. Os principais acertos e desafios encontrados na implementação da agenda também foram discutidos, assim como o desenvolvimento de projetos de cooperação entre Brasil e Colômbia e suas principais particularidades.  Claudia Betancur vislumbra maior potencial no desenvolvimento dos mercados de cosméticos, medicamentos e bioinsumos, com destaque para biorrefinarias, e mencionou que a Biointropic apoia a gestão de projetos de bioeconomia e de inovação aberta. Para ela, é fundamental auxiliar micro e pequenas empresas a crescer e colocar seus produtos no mercado. Claudia Montoya pontuou que a aliança entre a academia e a indústria, a capacitação dos colaboradores e a dinamização orgânica são os principais gargalos frente à temática e frisou que o governo Colombiano vem estimulando a criação de programas que impulsionam projetos de PD&I. Claudia ressaltou ainda que a cooperação entre os países é um ponto chave para a aceleração da bioeconomia.  Cláudia Magalhães mencionou que o MCTI já trabalha há alguns anos com cadeias produtivas da bioeconomia através do desenvolvimento de projetos piloto, em que são empregadas matérias primas como o açaí, licuri e pirarucu. Rosângela complementou informando que tais projetos são focados em auxiliar as comunidades e os povos tradicionais da Amazônia. Para Cláudia, a bioeconomia tem que ser pensada de forma integrada e sistêmica pelos países amazônicos. Liliana colocou que a criação do programa Colômbia Bio permitiu o desenvolvimento de diferentes estratégias, que antes não recebiam destaque na Colômbia, além de envolver as comunidades locais. Liliana ressaltou também a necessidade articular um sistema para harmonizar as muitas iniciativas já existentes no país. Nabil explicou que o BNDES vem fortalecendo a integração regional através de diálogos sobre a Amazônia e ressaltou que o Brasil possui um conjunto enorme de experiências bem-sucedidas relacionadas à bioeconomia, porém ainda encontra o desafio de transformar os projetos em políticas de escala. Ele entende que já houve progresso através da lei da inovação e da Embrapii, porém ainda é preciso avançar na dinamização orgânica de tais iniciativas. De modo geral, os representantes da Colômbia e do Brasil demonstraram interesse em continuar fortalecendo os laços para o intercâmbio de boas práticas e destacaram a importância de participar da Rede Latino-Americana de Bioeconomia para o benefício da região. O Café com Bioeconomia é um evento quinzenal, on-line e interativo, no qual palestrantes e público discutem temas relevantes para a área. Quer receber nossa agenda e participar? Inscreva-se em: https://portaldebioeconomia.com/   Quer ouvir este e outros Cafés? Estamos no Spotify em Café com Bioeconomia . ------------- \---------------\ --------------- La edición del 16 de agosto de 2023 de Café con Bioeconomía reunió a representantes del Brasil y Colombia para una char...
11/09/2023 | 0 comentários
0 comentários
Inscrições abertas para evento híbrido sobre identificação de oportunidades a partir da biodiversidade
No dia 20/09 das 13 às 17h será realizado evento híbrido sobre a identificação de oportunidades a partir da biodiversidade brasileira. Reinaldo Lucena, Vanderlan Bolzani, Bryan Harkleroad e Eamim Squizani i...
11/09/2023 | 0 comentários
0 comentários
PPBio e Idesam detalham bioplástico produzido a partir da casca da castanha do Brasil
Parceria entre PPBio, Idesam, empresas, ONGs e pesquisadores de universidad...
05/09/2023 | 0 comentários
0 comentários
Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras desenvolve biocorante azul
O Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras desenvolveu biocorante azul, que pode substituir o índigo...
05/09/2023 | 0 comentários
0 comentários
Webinar sobre Economia Circular no dia 23 de agosto de 2023
No dia 23 de agosto às 19h (horário de Brasília), será transmitido um webinar sobre Economia Circular...
18/08/2023 | 0 comentários
0 comentários
Café com Bioeconomia #35: Infraestrutura de pesquisa para a bioeconomia
A edição do dia 2 de agosto de 2023 do Café com Bioeconomia reuniu Cristiano Guimarães (Fundador e CSO na Nintx), Francisco Razzolini (CTO da Klabin) e Patrícia Léo (Gerente técnica do Laboratório de Biotecnologia Industrial do IPT). O encontro, que acontece quinzenalmente, foi mediado por Paulo Coutinho (Pesquisador-chefe do Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras do SENAI CETIQT). Paulo iniciou a discussão questionando os participantes sobre a relação entre ICTs e empresas e sobre a situação atual do Brasil em termos de infraestrutura para pesquisa em bioeconomia. Ao longo da conversa foram levantadas possíveis ações para solucionar a escassez de equipamentos, particularmente em escala piloto no país. Paulo destacou que o Brasil não conhece plenamente sua biodiversidade e comentou que além de haver uma série de bancos de dados de moléculas no país que não são compatíveis entre si, a descoberta das moléculas requer grande esforço de automação.  Nesse sentido, ele citou uma nota técnica que será lançada pelo Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras sobre o que está sendo chamado de biodiversity business discovery, e consiste na criação de diferentes pipelines para identificar compostos de interesse para diferentes setores industriais. Cristiano pontuou que um dos desafios para os empreendedores e prestadores de serviço é inconstância das...
18/08/2023 | 0 comentários
0 comentários
Exibindo 1 a 10 de 83
Rua Fernando de Souza Barros,120.Cidade
Universitária – Rio de Janeiro – RJCEP: 21941-857
+55 21 2582-1001
portaldebioeconomia@cetiqt.senai.br