Pampa

Manejo de biomassa e compostos majoritários de óleos essenciais de espécies do Bioma Pampa 

Treatment of biomass and majority compounds of the essential oils of Pampa Biome species 

O Pampa é o único bioma totalmente gaúcho e apresenta grande biodiversidade. Os produtos naturais, especialmente de óleos essenciais provenientes de espécies nativas, podem ser um vetor de inovação em territórios pressionados pelo agronegócio. Assim, este trabalho teve o objetivo de estimular a conservação da biodiversidade do Pampa por meio do uso sustentável de espécies nativas. Avaliou-se técnicas de manejo da biomassa e prospecção química dos óleos essenciais extraídos de três espécies: Baccharis crispa, Eugenia uniflora, e Aloysia gratissima 

A biomassa foi coletada e processada e os óleos essenciais extraídos via destilação por arraste a vapor relacionando-se o tipo de beneficiamento e rendimento. Nas três espécies predominaram monoterpenos entre os compostos majoritários. Foram quinze constituintes majoritários com 57,8% de monoterpenos em E. uniflora, dez com 72,6% para A. gratissima e oito com 88,7% para B. crispa. A estruturação de métodos de manejo de populações naturais bem como de plantios comerciais poderá auxiliar na valorização de espécies nativas dominantes e indesejadas no Pampa. Nesse sentido, emerge a oportunidade de utilização dessas espécies na promoção de sistemas produtivos inovadores via arranjos ecoprodutivos locais sustentados, e da pesquisa agroecológica para o desenvolvimento de produtos, com formação de capital humano e criação de mercados. 

Clique aqui e saiba mais. 

Endereço:

Rua Fernando de Souza Barros,120. Cidade Universitária  – Rio de Janeiro – RJ – CEP: 21941-857